domingo, 15 de março de 2009

CONFISSÕES



As palavras que acredito serem minhas,
Reconheço!
Todas, um dia, já foram ditas...

As dúvidas que penso serem exclusivas,
Admito!
Atormentam milhões de vidas...

As dores que imagino serem fatais,
Confesso!
Deixaram ilesos inúmeros mortais...
.
Dany Ziroldo

20 comentários:

  1. Oi querida,

    Veja bem que por vezes nos ferimos, é possível.

    Mas por certo também temos cicatrizes que comprovarão que nos ferimos e depois nos curamos, sabe?

    Talvez poucas sejam as coisas exclusivas nesta vida quase poucas ou quase nada...
    O que importa é que estejamos vivas, sabe? Vivas.

    Viver é preciso!
    És uma escritora e as palavras e a literatura são pontes que nos ajudam a atravessar os abismos, os momentos difíceis, sabe?

    Um verso por vezes é o bastante para fazer cicatrizar uma ferida...

    Carinho,

    Mai

    ResponderExcluir
  2. Um poema forte e bem reflexivo,Dany. um beijo,chica

    ResponderExcluir
  3. Como diria aquela canção...
    " E quais são as palavras que nunca são ditas?" rs

    Adorei o texto.
    Você escreve e parece que são meus pensamentos, sabia!

    Passa lá na minha fábrica... Tem um sonho novo!

    Beijos da Fabricante de Sonhos!
    Ótimo " meio de semana "!

    ResponderExcluir
  4. Oi Dani!
    Obrigada pelas palavras!
    Aquele sonho de amor é tristinho mesmo... Mas o amor tem dessas coisas né!
    Ó, uma ótima quinta pra vc, viu!

    Beijo Grande!

    ResponderExcluir
  5. ADORO POESIA!!!!!!
    PARABÉNS!!!
    BJUSSSS!!!

    ResponderExcluir
  6. Sim, nos acreditamos únicos se olharmos apenas pra nós msmos!!
    Mas no confronto com os outros, descobrimos inúmeras coisas em comum!!

    =D

    ResponderExcluir
  7. olá...você tem pensamentos e idéias muito bacanas!!! parabéns pelo blog!!!

    http://comumente-kilder.blogspot.com

    ResponderExcluir
  8. Lindo poema e uma linda escritora. Parabéns e sucesso.

    Blog: Leitura Dinâmica - www.habibsarquis.wordpress.com

    ResponderExcluir
  9. Sim, não somos os únicos. Embora eu não saiba dizer se isso é bom ou ruim.

    Um grande beijo.

    P.S.: Obrigada pelos elogios e é claro que pode add. =)

    ResponderExcluir
  10. Muito bom o poema.
    Ele fala por todos nós.
    Parabéns pelo blog.

    Clóvis Fritzen http://blogs.abril.com.br/boaideia

    ResponderExcluir
  11. Acreditamos que as palavras são nossas, as dores são nossas, as dúvidas, enfim acreditamos que há sentimentos que são exclisivamente nossos, mas quando abrimos os olhos para o mundo percebemos que há milhões de sonhos, dores, palavras que são iguais pra muita gente. É nesse momento que aprendemos que não estamos sós.
    Adorei a poesia.

    ResponderExcluir
  12. As coisas quando acontecem em nossas vidas tomam proporções que depois chegam a ser engraçadas. Faz muito sentido.
    Beijooos

    Depois se quiser passe la pelo meu!

    ResponderExcluir
  13. Gostei mto.
    Talvez nem todas as palavras tenham sido ditas e com certeza essa combinação delas feita com maestria é única, parabéns!

    se puder, visite meu blog
    www.teuculazarento.blogspot.com

    ResponderExcluir
  14. Oi Dani!
    To passando pra deixar um beijinho e te desejar uma ótima semana, viu?!

    Fica com papai do Céu!

    Fabricante...

    ResponderExcluir
  15. Engano com palavras mudas o grito que cala
    Esperanças na ponta da lança que fere o peito
    Atingindo sentimentos sentidos por defeito
    Descritos pelo som da escrita, que por si fala

    Passando para agradecer a gentil visita
    Retribuindo de uma forma que emana
    Em aqui estar e ler sua sublime escrita
    E desejar-lhe uma extraordinária semana

    O eterno abraço…

    -MANZAS-

    ResponderExcluir
  16. Olá Dany...!!!
    Poema ótimo e cheio de propriedade precisamos de mais artistas como você.
    Abraço.

    ResponderExcluir
  17. Dany: obrigada por visitar Lector in Fabula. Seja bem-vinda ao Desafio 50 Livros 2009. Deseja ingressar na Confraria dos 50 e compartilhar leitura. Envie-os o link do seu blog, aquele que desejas colocar na Coluna da Confraria dos 50.

    ResponderExcluir
  18. Moça Dani Z. que anda tão sumida...
    Que bom que vc apareceu!!!!
    To sentindo falta dos seus textos, viu?

    Um ótimo final de semana!!!!!
    Fiquei eliz pq vc foi na fábrica!!!

    Beijos!

    Fabricante...

    ResponderExcluir
  19. amiga voce está escrevendo muito!
    quando digo muito não é quantidade viu? beijos está se tornando uma bela rosa da poesia cada dia mais linda! du

    ResponderExcluir

Saber que você passou por aqui é muito importante para mim... Portanto, não deixe de comentar...

Agradeço-lhe a visita!

Abraços,

Dany Ziroldo